xx
LIXO E SOCIEDADE

O Lixo
Problemas e Soluções

         
      
Aterros

Sistemas de Coleta


Reduza, Reutilize, Recicle

Sistemas de Coleta

Sistema de Manejo

Coleta Seletiva
            Simples
            Multi-Seletiva

Reciclagem


Compostagem


PROBLEMAS E SOLUÇÕES

Beira rio de Bragança. Foto: Paulo Santos
Barraqueiros recolhem  o lixo deixado pelos banhistas em Salinas. Foto: Lilia Tandaya
PROBLEMAS

   O lixo atrapalha a vida das pessoas de diversas maneiras:

Suja as Ruas

Flutua nos Canais , podendo entopir as Galerias Pluviais.

Acumula-se nas Encostas, pronto para desabar na hora da enchente.

Alimenta Vetores

Enche Vazadouros a céu aberto, ou Lixões, onde temos a proliferação de:
- Animais transmisores de doenças como: insetos, ratos, baratas e mosquitos;
- Condições sanitárias deploráveis onde catadores buscam subsistência;
- Gás metano, que traz risco de explosões e contribui para o "efeito estufa";
- Chorume, que polui o solo em volta, o lençol freático, os rios, os córregos etc.
- Vazamento de resíduos altamente tóxicos, de origem industrial, de mineração ou agrícola, criando áreas de solo contaminada e poluindo córregos e o lençol freático.

Poluí a Água:
- No Brasil, o grande problema ainda é a poluição de origem orgânica.
- Em regiões abastecidas por rios que passam por zonas industriais, por garimpos ou por determinadas culturas agrícolas, o grande perigo é a poluição química. Metais pesados, óleos minerais, derivados de petróleo, fenóis, fósforo, nitrogênio, mercúrio,chumbo, zinco, cádmio, agrotóxicos, defensivos agrícolas, fertilizantes e outros poluentes químicos podem estar presentes na água potável.
- As valas negras a céu aberto, a presença de esgoto dentro ou perto de casa é o nosso mais seguro indicador de miséria e a necessidade de implantação do direito ao saneamento básico é o primeiro passo para dar condições dignas de vida aos cidadãos.
- O despejo de esgoto nas praias, rios, valas ou canais; O índice de coliformes fecais nas praias deve ser abaixo de 1000 por 100 ml, em tempo seco;
- A poluição vinda de embarcações, como o derramamentos de petróleo; Sendo proibido a navegação de jet-skis e outras embarcações à faixa de 200 metros antes da linha de arrebentação.

Poluí o Solo, sendo os principais agentes os:
- Metais pesados;
- Solventes;
- Compostos orgânicos e inorgânicos;
- Pesticidas e herbicidas;
- Tintas e óleos;
- Lixo radioativo

Poluí o Ar:
- Com substâncias tóxicas, como as dioxinas e os furanos, através da incineração
- Partículas em suspensão na forma de poeira ou originárias de combustão
- Dióxido de enxofre (SO2);
- Humores orgânicos das fezes e outros resíduos humanos e animais.

Tempo de Decomposição:
     Alguns materiais demoram tempo indeterminado para se decomporem na natureza, podendo provocar um desequilibrio.
     Através do processo natural de biodegradação, bactérias, fungos e outros micróbios se alimentam do lixo transformando os compostos, devolvendo-os ao meio ambiente.
- Papel - 3 meses a 6 meses
- Vidro - 4000 a 1 milhão de anos
- Metal (Latas) - mais de 10 anos
- Garrafas Plástica - mais de 100 anos
- Palito de Fósforo - 6 meses
- Tecido - de 100 a 400 anos
- Ponta de Cigarro - 1 a 2 anos
- Borracha (Pneus) - indeterminado
- Chiclete - 5 anos

SOLUÇÕES

Jogar o Lixo no Lixo
   O primeiro passo que devemos tomar é o de não jogar o lixo em qualquer lugar. Não jogando o lixo nas ruas, seja atirando para longe pela janela do carro ou ao caminhar, espere encontrar uma lixeira para descartar o lixo.

Coleta do Lixo
   Todo o "lixo" deve ser acondicionado e encaminhado de forma adequada e constante, devendo ser transportado para áreas de tratamento e destino final.

Aterro Sanitário
    Corretamente implantado, bem gerido e em local apropriado ainda é a melhor opção para as condições brasileiras, salvo circunstâncias muito especiais.
    O aterro sanitário pode ser definido como sendo um processo para disposição de resíduos no solo, especialmente o lixo domiciliar, que utilizando normas de engenharia específicas, permite um acondicionamento seguro, no que diz respeito ao controle da poluição ambiental e de proteção ao meio ambiente.


Incineração
   Este processo de queima do lixo deve ser feito de forma controlada em fornos projetados que tem alta custo de instalação e manutenção.
- Recomendado para o lixo hospitalar perigoso, produzido pelos serviços de saúde.
- Reduz o volume a ser aterrado,
- Provoca um menor impacto ambiental
- Para gestores urbanos sem espaço no município para novos aterros sanitários.
Nas atuais condições brasileiras a incineração é uma solução desaconselhável, a não ser em situações muito particulares, dependendo do caso.

Usina de Reciclagem
   
Usina de Reciclagem ou Centro de Triagem, é o local onde ocorre o processo de separação dos materiais recicláveis, que podem ser reaproveitados para um novo consumo, como:
- Papel, Plástico, Metal que são fáceis de reciclar e várias empresas já o fazem.
- O Vidro tem boa aceitação para reciclagem, mas não é um elemento que ocupe grande volume no conjunto do lixo gerado.
- O Entulho também pode ser usado como material para aterros destinados à elevação de terrenos para construção, na confecção de novos tijolos, e outras utilidades.
- O Lixo Orgânico pode ser reciclado em composto ou em biogás, que demanda equipamento, área física, operação e manutenção cuidadosas na fermentação e dos biodigestores.
   É nela também que são re-selecionados aqueles materiais que não são recuperáveis ou recicláveis, como:
- Isopor;
- Couro;
- Tecidos;
- fitas adesivas;
- espelhos;
- vidro plano.
   O grau de triagem na usina de reciclagem varia em função do nível de separação dos materiais nas fontes geradoras, e tende a ser menor quando os materiais provêm de um Posto de Entrega Voluntária (PEV).
   Para que o material tenha um maior valor econômico, se faz necessário que os recicláveis estejam limpos na hora da coleta seletiva.
   Os Centros de Triagem normalmente possuem prensas para papel, plástico e latas.

Compostagem
   É um processo biológico de decomposição de matéria orgânica que pode estar contido em restos de origem animal ou vegetal. O produto final resultante do processo de compostagem pode ser considerado como um enriquecedor do solo, ou seja ele poderá ser aplicado ao solo para melhorar a suas características, sem que haja uma contaminação do meio ambiente.
   Entre as vantagens da compostagem podemos destacar:
- economia de espaço físico em aterro sanitário;
- reaproveitamento agrícola da matéria orgânica produzida;
- reciclagem dos nutrientes contidos no solo;
- eliminação de patogênicos ambientalmente seguro.

Saneamento Básico
   Agentes comunitários devem orientar a população sobre os cuidados no domicílio necessários para a descontaminação da água destinada ao consumo. Esclarecendo à população sobre as providências a serem tomadas como:
- Vistorias de vazamentos;
- Limpeza de caixas d'água;
- Fervura da água antes de ser consumida.
- Controle das condições de balneabilidade do mar, lagoas e rios de uso recreativo.
    O tratamento do esgoto pode ser feito através de:
- Fossas sépticas;
- Fossas com filtro anaeróbico;
- Sumidouros;
- Lagoas de estabilização;
- Estações de tratamento, de estágios preliminar, primário, secundário e terciário.

Atenção
   O tratamento de substâncias tóxicas necessita de um armazenamento muito mais cuidadoso e complexo e não podem, ser depositadas em aterro sanitário convencional.

Fonte: Cempre;Prefeitura de Rio Sul-SC

© 2004-2009 Desenvolvimento Lilia Tandaya